24/01/18

UC atribui 233 mil euros para atividades da AAC

A Universidade de Coimbra (UC) e a Associação Académica de Coimbra (AAC) assinaram hoje um Contrato-Programa para a promoção de atividades de caráter artístico, cultural e desportivo. O apoio financeiro  é atribuído anualmente e corresponde a um subsídio no valor de 233 mil euros que está definido nos estatutos da UC. A cerimónia teve lugar na Sala do Senado, onde o presidente da Direção-Geral da AAC, Alexandre Amado, aproveitou para frisar a importância do subsídio.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

O reitor da Universidade de Coimbra, João Gabriel Silva, sublinhou a articulação entre a UC e a AAC particularmente no desporto, com a realização em Coimbra dos Jogos Europeus Universitários de 2018.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

O apoio dado à AAC é originário do dinheiro das propinas. João Gabriel Silva apontou algumas dificuldades a nível de financiamento mas que não prejudicaram o subsídio atribuído.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Aos microfones da RUC, Alexandre Amado referiu a necessidade de a AAC obter mais financiamento, mas afirmou que a procura de fontes de receita deve partir da própria AAC como forma de garantir independência do organismo face à Universidade.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

O presidente da DG/AAC revelou ainda que o tema do congelamento das propinas vai ser debatido em Assembleia Magna em fevereiro. Alexandre amado considerou, no entanto, que as instituições de Ensino Superior deviam ser recompensadas pelo que não ganham com o aumento das propinas, algo que foi prometido pelo governo.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

O montante é atribuído pela Universidade de Coimbra à AAC anualmente e, segundo Alexandre Amado, corresponde a cerca de 10 euros por estudante.

Beatriz Guerra

6
19
31
0
GMT
GMT
+0000
2018-02-17T19:31:50+00:00
Sat, 17 Feb 2018 19:31:50 +0000