1/01/18

António Figueiredo e Licínio Lopes: É preciso “revisitar os Estatutos da UC”

Para o primeiro Alvorada de 2018, os estúdios da Rádio Universidade de Coimbra receberam o diretor da Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física da Universidade de Coimbra (FCDEFUC), António Figueiredo, e o docente da Faculdade de Direito da UC, Licínio Lopes.

O ano do Conselho Geral da UC, com a perspetiva de revisão e alteração do Regime Jurídico das Instituições de Ensino Superior (RJIES) para breve, foi um dos temas em cima da mesa. Licínio Lopes adiantou que a passagem das universidades públicas para um regime de fundação não é necessária como solução de financiamento, e que há alternativa.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Também António Figueiredo sublinha que a questão tem sido vista “não de uma perspetiva estratégica mas sim economicista” e que as universidades têm sido colocadas num “beco sem saída”. Para o diretor da FCDEFUC, o caso da UC deve ser pensado não apenas no sentido de mudar o RJIES, mas também os estatutos da Universidade.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Quanto à Associação Académica de Coimbra (AAC), que por seu lado viu os novos estatutos aprovados e implementados em 2017, António Figueiredo considera que ainda não há dados para avaliar o documento no que toca a alterações práticas conferidas às secções desportivas. O docente acredita que, a longo prazo, pode ser positivo para a comunidade académica.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Ainda no desporto, os Jogos Europeus Universitários aproximam-se a passos largos. Para a FCDEFUC, entidade parceira mas não organizadora, as remodelações em curso são fundamentais para o futuro da própria faculdade e do ensino. António Figueiredo admite que tem servido de “conselheiro” da organização, e destaca que logisticamente os jogos estão “bem encaminhados” e que “as infraestruturas foram pensadas tendo em vista o futuro”.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

A Associação Académica de Coimbra – Organismo Autónomo de Futebol também foi tema de conversa. Os dois comentadores congratulam-se com os resultados que marcam o fim do ano de 2017. António Figueiredo admite que os adeptos estão próximos da direção de Pedro Roxo, sobretudo devido aos bons resultados. O desejo para 2018 é que, mais do que a festa no Jamor, a Briosa suba para a primeira divisão. António Figueiredo acredita que vai acontecer, Licínio Lopes encara a subida como necessária.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Para os dois comentadores, o acontecimento que mais marcou o ano de 2017 foi a tragédia dos incêndios florestais. Ambos quiseram destacar a disponibilidade de Marcelo Rebelo de Sousa para estar com a população durante e depois dos momentos mais aflitivos. O comentário passou ainda pela “geringonça” e pela sucessão na liderança do PSD e os futuros impactos na vida política portuguesa.

O Alvorada pode ser ouvido na íntegra aqui. .

Camila Vidal

5
6
16
0
GMT
GMT
+0000
2018-02-23T06:16:28+00:00
Fri, 23 Feb 2018 06:16:28 +0000