26/12/17

José Ferreira da Silva: “Machado ganhou por não haver alternativa”

O Alvorada de hoje (26) teve como comentador da atualidade noticiosa o advogado e ex-vereador da Câmara Municipal de Coimbra (CMC), José Ferreira da Silva.

Marcelo Rebelo de Sousa passou o dia de Natal em Pedrógão, com as vítimas dos incêndios de julho, e apelou aos portugueses para que visitem as zonas ardidas. José Ferreira da Silva louvou a iniciativa do Presidente da República, mas alertou que a tragédia resultou de muitas décadas de abandono do interior do país. Para o comentador, o apelo de Marcelo não compensa o facto de as povoações do interior terem perdido um conjunto de infraestruturas, o que torna mais difícil a fixação das populações.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

A reestruturação dos CTT tem estado ordem do dia, estando prevista uma redução de 800 trabalhadores para 2018. José Ferreira da Silva, advogado de um dos sindicatos representativos dos trabalhadores desta instituição, é muito crítico da forma como a privatização foi conduzida. É opinião do comentador que o interesse público não foi defendido e as populações perderam um serviço de grande valor.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Não é apenas nos CTT que há greves e contestação dos trabalhadores. José Ferreira da Silva considera que o ano de 2017 ficou marcado pelo retorno às lutas sindicais. O governo do PS com apoio do PCP e BE criou grandes expetativas nos trabalhadores, conseguiu reverter algumas medidas do executivo anterior, mas não tem conseguido concretizar tudo à velocidade desejada pelos trabalhadores e seus representantes. O comentador prevê o agudizar da luta reivindicativa.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Sobre o ano de 2017 em Coimbra, José Ferreira da Silva destacou alguns acontecimentos marcantes – como a Bienal Ano Zero – e a afirmação a nível internacional de diversas empresas e entidades, com destaque para o Centro de Estudos Sociais e a Critical Software. O ex-vereador da CMC destacou também as eleições autárquicas como um dos principais acontecimentos na cidade e analisou os resultados.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Ouviu-se também a rubrica da terça-feira, Cilindro de Ciro, numa colaboração entre a Rádio Universidade de Coimbra e a Secção de Defesa dos Direitos Humanos da Associação Académica de Coimbra.

O comentário pode ser ouvido na íntegra aqui.

António Calheiros

6
19
08
0
GMT
GMT
+0000
2018-02-17T19:08:47+00:00
Sat, 17 Feb 2018 19:08:47 +0000