22/12/17

Greve dos trabalhadores dos CTT com 80% da adesão

Os trabalhadores dos CTT-Correios de Portugal estiveram ontem e hoje em greve por todo o país. Os CTT avançaram que apenas 17% dos trabalhadores tinham aderido à greve e que só as lojas da Madeira e de Óbidos estavam encerradas.

Em declarações à RUC, Rui Simões, do Sindicato Nacional dos Trabalhadores dos Correios e Telecomunicações (SNTCT), contesta os números da paralisação avançados pela administração dos CTT.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Rui Simões criticou também a gestão da atual administração dos CTT que cortou recursos e pessoal, o que tem provocado um atraso na receção do correio.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Rui Simões apontou a contratação de mais trabalhadores como a única forma de corrigir a situação de mau funcionamento dos correios. O sindicalista denunciou também as pressões da administração sobre os trabalhadores para que este rescindam por mútuo acordo.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Os objetivos da paralisação passavam essencialmente por chamar a atenção do público e do governo para a falta de estabilidade nos CTT. Para o Sindicato, os objetivos foram atingidos.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Rui Simões alertou ainda para outros problemas dentro dos CTT, nomeadamente a venda dos edifícios históricos.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

O membro do Sindicato dos Trabalhadores dos Correios criticou ainda a nacionalização dos CTT e diz que é necessário uma reversão deste processo e uma nova nacionalização dos serviços de correio.

Joana Gomes

5
6
24
0
GMT
GMT
+0000
2018-02-23T06:24:34+00:00
Fri, 23 Feb 2018 06:24:34 +0000