21/09/17

Alexandre Amado: [Autárquicas]”Antes de pensar numa MEO Arena ou um aeroporto podíamos arranjar os autocarros”

Hoje o programa Alvorada contou com o comentário à atualidade do Presidente da Direção Geral da Associação Académica de Coimbra (DG/AAC), Alexandre Amado.

As declarações do reitor João Gabriel Silva na abertura solene de aulas que ocorreu ontem na Universidade de Coimbra (UC) deram início ao programa de hoje. O reitor mencionou que não está a ser cumprido o acordo que determina que todos os encargos resultantes de alterações legislativas sejam cobertos pelo Orçamento de Estado (OE). O presidente da DG/AAC falou sobre papel do governo.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

O jornal Público deu destaque a um estudo que comprova que as universidades preferem contratar ex alunos. O estudo revela que mais de dois terços dos professores fizeram doutoramento na mesma instituição onde lecionam. Este ato de endogamia académica é criticado pelo Conselho Nacional de Educação. A crítica refere-se a equidade e ao mérito nas carreiras. Alexandre Amado comentou a informação em relação a Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra (FDUC) em particular.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

No âmbito das eleições autárquicas, o presidente da Direção Geral da AAC apresentou algumas das reivindicações da DG/AAC que irão ser apresentadas antes do ato eleitoral do próximo 1 de outubro. Alexandre Amado considera mais importante a questão dos transportes e da mobilidade urbana frente a questão da construção de um aeroporto na cidade.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Também falou-se da situação da Catalunha. Durante a semana ocorreram detenções de pelo menos 13 membros da Generalidade da Catalunha e foram apreendidos quase 10 milhões de votos numa gráfica. Líderes catalães culpam o Governo Central de ter suspendido a autonomia Catalã. Alexandre Amado acredita que a autodeterminação do povo da Catalunha deve ser tratada com respeito pelas iniciativas diplomáticas e policiais.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

No final do programa também comentou-se o discurso que António Costa fez ontem (20) na Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), em Nova Iorque. O primeiro-ministro quer a inclusão do Brasil e da Índia no Conselho de Segurança da ONU.

O comentário pode ser ouvido na íntegra aqui.

Clara Reis e Tomás Cunha

3
1
27
0
GMT
GMT
+0000
2018-02-21T01:27:08+00:00
Wed, 21 Feb 2018 01:27:08 +0000