15/06/17

Ruas de Coimbra tornam-se num guião para o espetáculo-percurso

Derivas é o título do espetáculo-percurso que decorre nas tardes desta semana, em Coimbra. Dirigida pelo grupo artístico portuense Circolando, em colaboração com o Convento de São Francisco e a Câmara Municipal de Coimbra, a iniciativa lança o repto de caminhar à descoberta da cidade.

Conforme o co-diretor artístico do projeto, André Braga, através do passeio pretende-se procurar o caminho alternativo, o outro espaço na cidade.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

As caminhadas do espetáculo Derivas: Coimbra iniciam-se no Largo do Romal pelas 19h. O máximo de 175 participantes são divididos em sete grupos e guiados num circuito com várias paragens. Em cada paragem é apresentada uma performance, com duração de 15 minutos. No final do percurso com a duração de cerca de três horas os grupos encontram-se num antigo armazem no centro de Coimbra para assistir a um concerto.

André Braga explica que o percurso foi formado de maneira prática com a ajuda dos locais, e começou a ser preparado dez dias antes do primeiro espetáculo.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

O conceito do espetáculo-percurso Deriva já tinha sido praticado pelo coletivo Circolando no Porto e noutras cidades portuguesas.

No caso particular de Coimbra, André Braga admite que o grupo descobriu vários estratos e camadas de uma cidade com muitos metros de profundidade.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Para assistir ao espetáculo Deriva: Coimbra, os organizadores aconselham à reserva dos lugares com antecedência e ao uso de roupa e calçado confortáveis. O espetáculo não é aconselhável para pessoas com mobilidade reduzida.

As reservas para o espetáculo-percurso Deriva estão disponíveis através da bilheteira do Convento de São Francisco.

O projeto conta ainda com a participação especial dos artistas do CITAC.

Ian Ezerin

6
19
30
0
GMT
GMT
+0000
2018-02-17T19:30:01+00:00
Sat, 17 Feb 2018 19:30:01 +0000